O que mais nos agrada nos nossos amigos é a atenção que eles nos dedicam". (
Tristan Bernard )

quarta-feira, 22 de maio de 2019

Deputado Branco Mendes faz apelo para que Pronto Socorro de Fraturas em Guarabira não feche às portas

O deputado estadual Branco Mendes (Podemos) pediu ajuda à Secretaria de Saúde do Estado para que o Hospital Pronto Socorro de Fraturas de Guarabira não feche às portas devido a falta de condição financeira para manter a unidade hospitalar funcionando.

Branco Mendes disse durante discurso na sessão ordinária desta terça-feira (21), na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) que se reuniu com o diretor do hospital, o médico Temístocles Filho, e o profissional afirmou que nos próximos três meses a unidade deixará de atender o público de Guarabira e região do Brejo.

 “Por falta de condição de manter o hospital, Dr. Temístocles disse que vai fechar às portas do Pronto Socorro. Ele me pediu ajuda para que eu leve ao conhecimento do governo do estado essa situação para que a Secretaria de Saúde faça uma análise profunda e que, se possível, faça com o Pronto Socorro de Guarabira o que fez com o HTOP de João Pessoa”, falou o deputado.

O parlamentar lembrou que o hospital de Guarabira atende toda a região do Brejo paraibano e, caso, a unidade encerre suas atividades, os hospitais de João Pessoa ficarão superlotados.

“Você já pensou o que é um hospital daquele fechando e todo aquele pessoal do Brejo que está sendo acidentado e trazer todos para dentro dos hospitais de João Pessoa? Ninguém vai suportar. Vou levar isso à Secretaria de Saúde para fazer um estudo na locação daquele pronto socorro para evitar o fechamento e que o número de acidentados vindo para João pessoa não aumente. Eu acho que o governo precisa analisar com muita profundidade. A traumatologia da Paraíba está um caos com os altos números de pessoas acidentadas a cada dia”, lembrou o deputado.

Portal do Litoral

Nenhum comentário:

Postar um comentário

...............................................................................

...............................................................................