O que mais nos agrada nos nossos amigos é a atenção que eles nos dedicam". (
Tristan Bernard )

quarta-feira, 18 de julho de 2018

Exame cadavérico aponta “Edema Agudo de Pulmão” em morte de Luiz Antônio

O laudo de exame cadavérico apontou que Luiz Antônio morreu vítima de um “Edema Agudo de Pulmão”, no início da madrugada desta quarta-feira (18) no Hospital Municipal de Alagoa Grande, Brejo paraibano. Ainda na unidade de saúde, houve a divulgação de um possível “infarto fulminante”, sendo esclarecido após a realização da autopsia.

Luiz se sentiu mal em sua residência no início da madrugada (18), amigos e familiares o socorreram para a unidade de saúde. A equipe médica realizou diversos procedimentos para reanima-lo, porém, Luiz não resistiu e veio a óbito.

O corpo está sendo velado na Casa de Velório São José, na rua Sete de Setembro, Centro de Alagoa Grande. O sepultamento ocorrerá ás 17h00 no cemitério municipal da cidade.

Edema Agudo de Pulmão

O Edema Agudo de Pulmão é causada pelo extravasamento de água dos vasos sanguíneos para o tecido pulmonar, tornando a respiração difícil. Na prática, o paciente comporta-se como se estivesse se afogando. 

O edema do pulmão ocorre basicamente por dois mecanismos:

1. Aumento da pressão dentro dos vasos sanguíneos » Quando a pressão fica muito elevada dentro dos vasos do pulmão, a água do sangue tende a “sorar” através dos poros, indo se acumular dentro do tecido pulmonar, principalmente nos alvéolos, que são as estruturas que realizam as trocas gasosas.

2. Aumento da permeabilidade dos vasos » Algumas doenças, que serão explicadas a seguir, causam um aumento nos poros dos vasos sanguíneos, tornando-os mais permeáveis, o que facilita o extravasamento de água.

Blog do Galdino

Nenhum comentário:

Postar um comentário

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

.....................................................

.....................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

..

..

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................