O que mais nos agrada nos nossos amigos é a atenção que eles nos dedicam". (
Tristan Bernard )

terça-feira, 22 de maio de 2018

Professor da UEPB morre vítima de infarto fulminante

O Centro de Ciências e Tecnologias (CCT) da Univesidade Estadual da Paraíba (UEPB), está de luto. Morreu ontem no hospital Santa Clara, vítima de infarto, o professor Edvaldo de Oliveira Alves, mais conhecido por Mará,
A Administração Central  da UEPB, juntamente com a direção do Centro de Ciências e Tecnologia  e em nome de toda a comunidade acadêmica da Instituição, lamentou com o mais profundo pesar o falecimento do professor Edvaldo de Oliveira Alves, mais conhecido por Mará, ocorrido no final da tarde desta segunda-feira (21), vítima de infarto.

Mará era professor do Departamento de Física. Com mais de 20 anos de atuação docente na UEPB, ocupou diversos cargos eletivos, como coordenador de Curso, chefe de Departamento e diretor do Centro de Ciências e Tecnologia, cargo que ocupou até o início deste mês, quando encerrou seu mandato à frente da direção do Centro. Sempre demonstrou amor pela Educação e entusiasmo em lecionar.



Segundo o reitor Rangel Junior, professor Mará teve uma trajetória marcante na Universidade e contribuiu significativamente na formação de milhares de profissionais.

“Mará era uma pessoa com quem tive a satisfação de conviver por mais de 20 anos. Desde sempre ele teve uma atuação marcante. Sempre teve um papel instigante na discussão de todos os temas relacionados à UEPB. Travei com ele debates fantásticos e enriquecedores. Todos estamos chocados com seu falecimento e prestamos toda nossa solidariedade aos familiares e amigos”, disse o reitor.

Mará deixa um legado de dedicação ao ensino e compromisso com a Universidade Estadual da Paraíba, tendo sido permanentemente um grande defensor da Instituição. Devido a precoce perda do professor Mará, a Reitoria da UEPB decretou luto oficial de três dias na Universidade e determinou a suspensão de todas as atividades no CCT nessa terça-feira (22).

Redação com assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

.....................................................

.....................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

..

..

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................