O que mais nos agrada nos nossos amigos é a atenção que eles nos dedicam". (
Tristan Bernard )

domingo, 15 de abril de 2018

Garoto de 6 anos morre após ser picado por escorpião em Barra Bonita

Um garoto de 6 anos morreu no final da tarde deste sábado (14) após ser picado por um escorpião. O acidente aconteceu no quintal da casa da criança, no Bairro Nova Barra, em Barra Bonita (SP).

Segundo a reportagem da TV TEM, por volta das 14h de sábado o garoto reclamou de um “machucado” no pé para o pai, que foi ao quintal da casa da família e achou o escorpião.

O homem levou o filho ao Hospital Maternidade São José, em Barra Bonita, mas como não havia soro no local, cerca de 40 minutos após sua entrada o garoto foi transferido para a Santa Casa de Jaú, cidade vizinha distante cerca de 20 quilômetros.

Em Jaú, o garoto tomou o soro, mas não resistiu e morreu no fim da tarde, cerca de três horas depois de ter sofrido a picada.

A causa da morte ainda está sendo investigada. A família informou que, cerca de 15 dias atrás, o garoto havia passado por uma cirurgia de amígdalas.
No velório do menino neste domingo (15) pela manhã, moradores de Barra Bonita reclamaram da infestação de escorpiões na cidade, em especial no bairro onde aconteceu o acidente. Também protestaram contra a demora no atendimento.

Em nota, a prefeitura de Barra Bonita informou que realiza campanha de limpeza nos bairros há algumas semanas e que o local do acidente [Jardim Nova Barra] recebeu as equipes de limpeza nesta semana, nos dias 11, 12 e 13.

A nota diz ainda que já está providenciando a compra do veneno para aplicar nessas áreas risco. O processo está em fase de licitação. A nota completa que o cemitério da cidade foi dedetizado há cerca de um mês.

Procurado pela reportagem, o Hospital Materindade São José de Barra Bonita, através do administrador José Luiz Minute, informou que desde 2013 a Diretoria Regional de Saúde (DRS) definiu que os hospitais da região considerados referência para ter esse soro são os de Jaú e de Dois Córregos.

Mesmo assim, completa o diretor, será instaurado um procedimento administrativo para investigar o caso.

* Com informações de Cristiane Paião, repórter da TV TEM.

 G1 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

.....................................................

.....................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

..

..

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................