O que mais nos agrada nos nossos amigos é a atenção que eles nos dedicam". (
Tristan Bernard )

quarta-feira, 4 de abril de 2018

12 a 5: vereadores de Bayeux cassam mandato do vice-prefeito Luiz Antônio

A maioria dos vereadores do município de Bayeux voutou pela cassação do mandato do vice-prefeito afastado Luiz Antônio (PSDB). A sessão realizada nesta quarta-feira (4) durou quase dez horas. Por 12 votos a 5, o gestor perde o mandato de vice-prefeito e se torna inelegível por oito anos. A defesa de Luiz Antônio deve recorrer da decisão da Câmara.

Os vereadores Adriano do Táxi, Daniele Caetano, Dedeta, França, Guedes, Kita, Liciene, Lico, Netinho, Orelha, Rubem, e Zé Baixinho votaram pela cassação do vice-prefeito. Apenas Adriano Martins, Inácio, Josauro, Betinho e Roni Alencar votaram contra a cassação.

Entenda o caso



O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Sebastião Reis Júnior, indeferiu o pedido de liminar impetrado pelo vice-prefeito afastado de Bayeux, Luiz Antônio (PSDB), para retornar à prefeitura da cidade.

O tucano tentava reverter a decisão da Justiça paraibana que acolheu um pedido do Ministério Público e determinou seu afastamento da prefeitura por 180 dias com base em um vídeo em que ele é flagrado pedindo dinheiro a um empresário.

O relator da matéria, desembargador Arnóbio Teodósio, considerou que o afastamento defendido pelo Ministério Público é necessário para poder minimizar a possibilidade de utilização indevida das prerrogativas ou vantagens de sua função.

Com o afastamento de Luiz Antônio quem assumiu a prefeitura foi o presidente da Câmara Municipal, Noquinha, já que o prefeito eleito, Berg Lima, foi afastado de suas funções por ter sido flagrado recebendo propina de um empresário.



PB Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

.....................................................

.....................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

..

..

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................