O que mais nos agrada nos nossos amigos é a atenção que eles nos dedicam". (
Tristan Bernard )

sexta-feira, 9 de março de 2018

Missa lembra 38 anos da morte de José Américo de Almeida

Para lembrar os 38 anos da morte do escritor José Américo de Almeida, haverá celebração de uma missa, nesta sexta-feira (9), às 10h30, na sede da Fundação Casa de José Américo (FCJA), em João Pessoa. O ato litúrgico será celebrado pelo Padre Ernando Teixeira.

José Américo de Almeida nasceu em Areia-PB, em 10 de janeiro de 1887. Destacou-se na Literatura Brasileira como autor de A Bagaceira (1928), obra-prima do romance regionalista moderno. Sua obra literária é composta por dezessete títulos, além de ensaios, crônicas, memórias e poesias.

Como político, ocupou importantes cargos no cenário nacional. Foi deputado, senador, ministro e governador da Paraíba. Faleceu dia 10 de março de 1980. Após sua morte, a casa, onde viveu os últimos anos, transformou-se em Fundação.
Portal Correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

..

..

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................