O que mais nos agrada nos nossos amigos é a atenção que eles nos dedicam". (
Tristan Bernard )

quinta-feira, 6 de julho de 2017

Projeto proíbe cobrança de pizza mista pelo preço do sabor mais caro

O Projeto de Lei Ordinária 1433/2017, de autoria do deputado estadual Jutay Meneses, torna obrigatória a cobrança do valor da média aritmética dos sabores para as pizzas mistas. “É costume os estabelecimentos cobrarem o valor da pizza mista pelo valor da escolha mais cara feita pelo cliente, quando na verdade era para ser cobrada pela média. Por isso apresentamos essa lei para regularizar essa situação na Paraíba”, disse o deputado.

De acordo com o projeto, o não cumprimento implicará em multa de 100 Unidades Fiscais do Estado da Paraíba (UFR-PB) ao estabelecimento, sem prejuízo a aplicação da legislação do consumidor em vigor. Cada UFR tem o valor de R$ 46,89 no mês de julho deste ano, o que representa uma multa de R$ 460,89.

“Nosso mandato tem como uma das pautas a defesa dos direitos dos consumidores e essa matéria vai regularizar uma prática sem muito sentido, pois o consumidor está pagando a mais por um produto que não está levando por completo”, afirmou Jutay.

Assessoria 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................