O que mais nos agrada nos nossos amigos é a atenção que eles nos dedicam". (
Tristan Bernard )

domingo, 16 de julho de 2017

Após levar próprio filho à delegacia, Claudio Lima declara: 'obrigação de pai e de gestor foi feita'

Fato aconteceu na madrugada deste domingo (16); o gestor ainda ressaltou a correção do trabalho dos agentes.

“Eu acho que a obrigação de pai e de gestor foi feita”. É assim que o secretário de Segurança do Estado, Cláudio Lima, descreve o seu posicionamento diante do fato de ter levado o seu filho à delegacia após furar uma blitz da Polícia Militar, na madrugada deste domingo (16).

Segundo Cláudio Lima, após não obedecer as ordens da PM para parar o veículo, o seu filho foi para casa, mas, ao saber do fato, o secretário decidiu leva-ló à Central de Polícia para que fossem tomadas as medidas cabíveis. O gestor ainda ressaltou a correção do trabalho dos agentes.

“Foram tomadas as providências que deveriam ter sido, a PM agiu correto, dentro da lei. Embora meu filho já estivesse em casa, mas eu acho que ele tinha que responder se fez besteira. Eu mesmo o levei até a Central de Polícia”, explicou.

Assessoria 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................