O que mais nos agrada nos nossos amigos é a atenção que eles nos dedicam". (
Tristan Bernard )

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Raniery Paulino admite renúncia de Temer da Presidência

O deputado estadual Raniery Paulino (PMDB) admitiu na manhã desta quinta-feira (18), em entrevista à MaisTV, canal de vídeo do Portal MaisPB,  a renúncia do presidente Michel Temer (PMDB), delatado no esquema de propina da empresa JBS.

Para o peemedebista, Temer deve assumir a responsabilidade dos atos e caso sua saída não seja por meio da renúncia, poderá ser por convocação de eleições diretas.

“O momento que vivemos é de alta tensão. Temos todos que assumir a responsabilidade. O próprio presidente deve assumir a responsabilidade, pensando no que é o melhor para o país, que inclui a renúncia. Isso é uma possibilidade que tem amparo constitucional, o que não tem amparo, talvez, é o que melhor satisfaria melhor a população, que seriam novas eleições, que está ganhando forças nas ruas, mas ainda não tem amparo constitucional”, frisou.

MaisPB

Um comentário:

  1. E agora turma golpista, foi ou não foi perseguição? Quem são os verdadeiros ladrões?Lá vem a história que todo político é ladrão. O LULA foi o único que desenvolveu o NORDESTE e ainda fez a TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO. Se o PT roubou dividiu com o NORDESTE. Os antecessores de LULA nunca fizeram nada pelo NORDESTE, desviaram as verbas para o SUL e SUDESTE.

    ResponderExcluir

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................