“Não pise em ninguém quando estiver subindo, pois poderá encontrá-los quando estiver descendo.” (Domínio público)

.

.

segunda-feira, 29 de maio de 2017

Hospital de Trauma de João Pessoa atende 650 pessoas neste fim de semana

O Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, atendeu 650 pessoas neste final de semana. Do total de atendimentos registrados na unidade de saúde entre a sexta-feira (26) até as primeiras horas desta segunda-feira (29), foram 136 casos de urgência e emergência. Também foram realizadas 15 cirurgias de urgência e emergência.
O maior número de atendimento foi com relação à queda com 113 casos, seguido de acidentes de moto (84). Outros acidentes foram relacionados com o trânsito automóvel (7), atropelamento (4), bicicleta (3) e de ônibus (1). Outros destaques na área da emergência foram arma de fogo (9), arma branca (3), além da agressão física (10) e queimadura (8). Os demais casos foram clínicos: Acidente Vascular Cerebral (23), Trauma (43) e Pancada (18). 
O hospital atende casos de urgência e emergência, contudo, muitos procuram a instituição para atendimentos clínicos, não levando em consideração o tipo de assistência prestada pela unidade de saúde, voltado para situações de média e alta complexidade, a exemplo de vítimas de traumas (acidentes e desastres), violência, queimadura, Acidente Vascular Cerebral (AVC) e hemorragias digestivas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

................................................................

................................................................

................................................................

................................................................

................................................................

................................................................

...................................................

...................................................

................................................................

................................................................

.................................

.................................

...............................................................................................

...............................................................................................

.......................................................

.......................................................

.

.