“Não pise em ninguém quando estiver subindo, pois poderá encontrá-los quando estiver descendo.” (Domínio público)

.

.

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Hospital de Trauma de João Pessoa realiza quase 500 atendimentos no feriado de Tiradentes

O Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, realizou cerca de 500 atendimentos durante o feriado de Tiradentes. O balanço tem como base as entradas realizadas a partir da 0h da sexta-feira (21) até as primeiras horas desta segunda-feira (24). No ano de 2016, foram realizados 762 atendimentos, contudo o feriado prolongado caiu na quinta-feira, então foram contabilizados cinco dias.

Os casos envolvendo quedas lideraram as entradas nos plantões durante o período, com 103 pacientes atendidos, seguidos por 74 vítimas de acidente de moto, 40 Acidente Vascular Cerebral (AVC), 18 de agressão física, 12 de acidente de automóvel, 10 atropelamento, oito de arma branca, seis arma de fogo, e seis acidentes de bicicleta. Os demais atendimentos foram de casos clínicos.

Durante o feriado prolongado, o Hospital de Trauma disponibilizou reforço de toda a equipe assistencial, com médicos, equipe de enfermagem e suporte, incluindo UTIs móveis. “Fizemos um esforço para prestar o melhor e mais eficiente atendimento à população, por isso elevamos o número de profissionais para trabalhar nesse feriadão”, disse a diretora geral da unidade, Sabrina Bernardes.

Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

................................................................

................................................................

................................................................

................................................................

................................................................

................................................................

...................................................

...................................................

................................................................

................................................................

.................................

.................................

...............................................................................................

...............................................................................................

.......................................................

.......................................................

.

.