“Não pise em ninguém quando estiver subindo, pois poderá encontrá-los quando estiver descendo.” (Domínio público)

.

.

terça-feira, 18 de abril de 2017

Governo realiza reunião com coordenadores dos Creas de todo Estado


O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano (Sedh)/ Gerência de Proteção Social Básica, reuniu os 26 coordenadores regionais dos Centros de Referência Especializado de Assistência Social (Creas). O evento integra as ações definidas durante encontro de planejamento realizado no último mês de março.
Segundo a gerente da Proteção Social Básica, Waleska Ramalho, o encontro é de suma importância para a interação maior,troca de experiências entre os Creas e fortalecimento do Serviço. “São os Creas que trabalham com todas as violações de direitos, sejam das crianças e adolescentes, da mulher, do idoso, públicos, LGBT. Portanto, trata-se de um equipamento do Governo Estadual bastante complexo, visto que no Estado 90% dos municípios são de Pequeno Porte 1, não tendo nenhuma condição de implantar um serviço da Proteção Especial nem de combate à violação dos direitos como é o Creas”, afirmou.
Ainda de acordo com Waleska Ribeiro, por uma decisão da Sedh visando o fortalecimento da Política de Assistência Social, foram criados 26 Creas Regionalizados, tornando assim a Paraíba no único Estado do país a adotar esse sistema, representando um divisor de águas na Política de Assistência Social.
Para a coordenadora do Polo Regional de Triunfo, Bertiane Maciel Soares, “o encontro é muito importante por ser um anseio antigo dos coordenadores, uma oportunidade para troca de experiências, compartilhar as angústias, dificuldades e êxitos do trabalho desenvolvido. A Sedh já havia se reunido com cada um dos coordenadores, mas agora é a vez de reunir todos”.  Esse abrange os municípios de Triunfo, Santa Helena, Joca Claudino, Bernardino Batista e Bom Jesus.

SecomPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

................................................................

................................................................

................................................................

................................................................

................................................................

................................................................

...................................................

...................................................

................................................................

................................................................

.................................

.................................

...............................................................................................

...............................................................................................

.......................................................

.......................................................

.

.