O que mais nos agrada nos nossos amigos é a atenção que eles nos dedicam". (
Tristan Bernard )

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Enem já é aceito em 22 universidades de Portugal

Em abril, mais três universidades de Portugal passaram a aceitar a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) como forma de ingresso para brasileiros: a Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias e os institutos politécnicos de Bragança e de Setúbal. Agora, são 22 as instituições de ensino superior portuguesas que reconhecem o Enem como instrumento de avaliação.
Os convênios foram firmados com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Também aderiu este ano ao Enem a cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário, em março.
Desde 2014, a nota no exame já é válida para ingresso nas universidades de Coimbra e de Algarve. Em 2015, o Enem foi incluído na seleção das universidades de Aveiro e de Lisboa e nos institutos politécnicos de Leiria, Beja, Porto, Portalegre, Cávado e do Acre, Guarda, e de Coimbra. Em 2016 foi a vez das universidades do Porto, Madeira, Viseu, dos Açores, do Minho, da Beira Interior, e do Instituto Politécnico de Santarém.

Extra.globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................