O que mais nos agrada nos nossos amigos é a atenção que eles nos dedicam". (
Tristan Bernard )

quarta-feira, 1 de março de 2017

Paraíba ganha primeiro Museu de Lixo de Praia a céu aberto do mundo

A Associação Brasileira dos Jornalistas de Turismo na Paraíba (Abrajet-PB) pretende criar o primeiro Museu Simbólico de Lixo de Praia a céu aberto do mundo. A ação está prevista para acontecer nesta quarta (1º), após a realização de uma caminhada ecológica que sairá da praia de Tambaú até a praia do Cabo Branco, em João Pessoa. Na oportunidade, será colocado em círculo todo o material recolhido pelos participantes.

Segundo o Turismo em Foco, após a ‘inauguração’ do Museu do Lixo, artistas plásticos convidados voltam a recolher todo o material reciclado para produzir peças de artesanato. 

De acordo com a presidente da Abrajet, Messina Palmeira, o escultor Jurandir Maciel foi o primeiro a aceitar o convite. 

Ela lembrou que este ano está sendo comemorado o Ano Internacional do Turismo Sustentável, declarado durante a assembleia geral da Organização das Nações Unidas (ONU) que aconteceu em Nova York, no ano passado.

Messina disse que a iniciativa tem como objetivo alertar a população e turistas para a necessidade de não se jogar lixo nas praias paraibanas. A jornalista acredita que o projeto pode servir de exemplo de cidadania, ecologia e educação ambiental, “pois, quanto maior for à consciência socioambiental, menores serão os prejuízos causados ao planeta”.

Portal Correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................