O que mais nos agrada nos nossos amigos é a atenção que eles nos dedicam". (
Tristan Bernard )

sexta-feira, 17 de março de 2017

Padre é reconhecido em assalto e bandidos devolvem R$ 100, em JP

Um padre que estava em um posto de combustíveis para abastecer o carro foi abordado por um bandido armado, nessa quarta-feira (15), durante um assalto no bairro do Cuiá, Zona Sul de João Pessoa. Durante o crime, o bandido reconheceu que a vítima abordada era um padre e devolveu cerca de R$ 100 que seriam roubados.

Segundo outras vítimas do bandido, ele chegou ao posto e sacou uma arma, exigindo dinheiro dos frentistas e de clientes que abasteciam no local. Uma das vítimas, o padre entrou no carro no momento do crime.

“Ele [bandido] chegou e mostrou a arma; eu estava abastecendo o carro do padre, que entrou no carro. O padre tinha R$ 100 em cédulas de R$ 2. Ele [bandido] perguntou se [o dinheiro] era para abastecer e o padre confirmou, então ele devolveu o dinheiro”, contou uma das testemunhas.

Após devolver o dinheiro do padre, testemunhas afirmaram que o bandido recolheu valores dos frentistas e de clientes e depois fugiu.

 Portal Correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................