O que mais nos agrada nos nossos amigos é a atenção que eles nos dedicam". (
Tristan Bernard )

domingo, 26 de fevereiro de 2017

PM prende acusado de matar travesti a pedradas; segundo suspeito está foragido

A Polícia Militar prendeu neste domingo (26) um dos suspeitos de assassinar a pedradas a travesti conhecida apenas por Damião, na madrugada de hoje, no município de Areia. Em contato com o Portal MaisPB, o comandante do 10º Batalhão de Polícia Militar, major Pablo, explicou que Leandro Cardoso da Silva, 22 anos, confessou o crime e apontou Josenildo Galdino da Silva, conhecida por Chibata, 24 anos, como autor dos golpes que mataram a vítima.

O suspeito foi detido em um barraco, na zona rural de Areia. A vítima teria sido assassinada após acertar um programa sexual com os suspeitos.

Os policiais chegaram a ir até a casa de Josenildo Galdino, mas o suspeito já havia fugido. “O pai dele nos informou que ele tinha revelado ter matado uma pessoa”, disse o major Pablo ao Portal MaisPB.

A prisão ocorreu em ação integrada com a Polícia Civil. “Destaca-se o comprometimento do policiamento empregado, que mesmo após o término do serviço, deram continuidade a ocorrência. Incansáveis e destemidos, conseguiram responder de forma ágil aos anseios de Justiça emanados pela sociedade”, destaca o comandante.

MaisPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................