O que mais nos agrada nos nossos amigos é a atenção que eles nos dedicam". (
Tristan Bernard )

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Sem 'estudar tanto', jovem tira nota máxima em matemática no Enem

O paraibano Fábio Serra, de 17 anos, acertou todas as questões da prova de matemática do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O resultado foi divulgado nesta quarta-feira (18), quando o estudante de João Pessoa confirmou a média de 991,5 em "Matemática e suas Tecnologias", considerada pelo Inep como desempenho máximo na prova do Enem 2016. Não bastasse, ele também conseguiu uma média de 960 na redação, o que elevou a média geral e o fez chegar mais perto do sonho de cursar medicina.

No entanto, no início do ano, não era bem esse o futuro que Fábio queria. Colocou a cara nos livros de matemática, física e química, porque esperava tentar passar na prova do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). Com uma facilidade maior para as disciplinas de ciências exatas, ele contou que, para ele, não foi nenhum sacrifício o estudo.
Mas, quando a prova do Enem foi se aproximando, decidiu que tentaria ingressar no curso de medicina da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). “Aí o Enem ficou bem mais tranquilo, porque desisti [do ITA] e quis tentar medicina, não precisou estudar tanto mais, eu tirava mais dúvidas com o pessoal”, contou.

No dia da prova, Fábio evitou fazer as questões muito rápido. “Passei quase duas horas na prova de matemática, depois passei para redação e demorei mais ou menos uma hora e meia”, diz. A dificuldade mesmo foi quando chegou na prova de Linguagens, com o cansaço de resolver e acertar 45 questões de matemática e escrever uma redação.
Para o estudante Fábio Serra, fazer uma média alta na prova de matemática foi determinante para cravar uma média geral de, aproximadamente, 842. “Foi a minha maior média, como eu sabia que [a prova de] matemática varia muito, no segundo dia já comecei por ela”, disse.

Histórico de olimpíadas

Desde criança, é a área de exatas que Fábio tem mais facilidade. Participou de, pelo menos, 45 olímpiadas de matemática e física, entre elas nacionais e estaduais. O histórico de medalhas também é vasto. Além de várias menções, o estudante da Paraíba já recebeu, nessas olimpíadas, 14 medalhas de ouro, 14 de prata e cinco de bronze.
“Foi um investimento”, avaliou Fábio. Agora ele espera ansioso para a escolha do curso e deseja que o ano de 2017 lhe traga mais um trunfo: o início da vida acadêmica, no curso de medicina. "Agora eu fiquei bem mais tranquilo", disse, mas confesa a ansiedade. "Estou muito ansioso pelo resultado do Sisu", completou.
Os resultados de olimpíadas e do próprio Enem já deram alguns frutos para Fábio antes mesmo do resultado ser divulgado. Ele foi contratado por um cursinho especializado nas aprovações do curso de medicina. "Neste ano, já começarei a assessorar alunos que desejam passar em medicina e precisam de seu estudo organizado e orientado", revelou.

G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Ofertas do Atacadão Triunfo de Alagoa Grande

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................