O que mais nos agrada nos nossos amigos é a atenção que eles nos dedicam". (
Tristan Bernard )

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

SEGURANÇA - Michel Temer autoriza reforço do exército nas ruas de Natal (RN)

Imagem ilustrativa
A pedido do governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, o presidente Michel Temer autorizou o envio de tropas do Exército para reforçar a segurança das ruas de Natal. A cidade sofre com uma onda de violência, após o início da rebelião na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, que já contabiliza 26 mortes.

A assessoria da Presidência da República ainda não divulgou o tamanho do efetivo nem quando os agentes vão ser enviados a Natal.

Na manhã desta quinta-feira (19), os detentos da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, voltaram a entrar em confronto. Esse já é quinto dia consecutivo em que os detentos sobem nos telhados dos pavilhões e a se espalham pelo pátio do estabelecimento.

Na terça-feira, o governador Robinson Faria, afirmou que o caos na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, é uma "retaliação" à rebelião ocorrida Manaus, no início do mês. A chacina na capital Amazonense, de acordo com autoridades locais, foi resultado da rivalidade entre duas organizações criminosas que disputam o controle de atividades ilícitas na região: a Família do Norte, a FDN, e o Primeiro Comando da Capital, o PCC.

Reportagem, Tayssa Bryto
Agência Rádio Web

Nenhum comentário:

Postar um comentário

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................