O que mais nos agrada nos nossos amigos é a atenção que eles nos dedicam". (
Tristan Bernard )

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Lígia discute utilização de água do mar em residências

A vice-governadora Lígia Feliciano esteve, nesta quarta-feira (18), no Departamento de Água de Hong Kong onde conheceu a técnica de captação de água do mar para uso doméstico e industrial e discutiu a possível aplicação na Paraíba. Em conversa com o diretor assistente do Departamento, Ir Chau Sai Wai, Lígia discutiu as vantagens do sistema como uma forma sustentável de contornar o problema da falta de recursos hídricos. Do total da água utilizada na ilha chinesa, 22% vêm de reuso do mar.

Hong Kong, assim como os estados nordestinos, sofre com a falta de recursos hídricos: a maior parte da água é trazida, por meio de tubulações, de uma cidade vizinha e um percentual mínimo vem da chuva. “A população não paga taxa pela água captada do mar, que é usada nos vasos sanitários e indústrias. Visitamos todo o sistema que é relativamente simples: ele faz a captação, uma filtragem e apenas um tratamento químico básico para matar as bactérias. Então a água é canalizada, num sistema independente, que vai servir para os vasos sanitários. Cerca de 88% dos domicílios e empresas utilizam esse sistema”, explanou.

Com a direção do Departamento e os técnicos chineses, Lígia discutiu a possibilidade de implantação de um sistema similar na Paraíba. “Estamos passando por uma grande seca, são mais de cinco anos sem chover o suficiente para encher os nossos reservatórios. Conhecer a experiência dessa cidade é extremamente importante para ver a sua aplicabilidade na Paraíba. É um projeto que precisamos tirar do papel e que vai beneficiar muita gente. Por isso, convidei os técnicos para uma visita a Paraíba para eles conhecerem a nossa realidade e analisar uma possível aplicação no nosso Estado”, adiantou.

MaisPB com Secom-PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................