O que mais nos agrada nos nossos amigos é a atenção que eles nos dedicam". (
Tristan Bernard )

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Ex-funcionário de agência bancária em Guarabira morre afogado em açude

Um ex funcionário de uma agência bancária na cidade de Guarabira/PB foi encontrado morto, por afogamento, dentro de um açude no Sítio Malhada, na zona rural do município de Cuitegi-PB.

Antonio Amaro de Araújo, 64 anos, saiu de casa, na rua Hermenegildo de Almeida, no bairro Esplanada, em Guarabira, sozinho, por volta das 5h da manhã desta quarta-feira (11) para ir pescar dizendo que iria para o açude do Parque Lagoa Azul, próximo ao distrito de Contendas, e caso não conseguisse nada por lá, posteriormente iria para a Malhada, onde também costumava pescar.

Segundo familiares, ele costumava voltar da pescaria antes do almoço, mas ontem ele não retornou. Por volta das 20:00h, os filhos entraram em contato com o Núcleo de Inteligência da Polícia Militar e as buscas foram iniciadas inicialmente no açude do Parque Lagoa Azul. No local foram encontrados alguns objetivos usados por ele, como por exemplo, uma vela preta, já que o mesmo era seguidor do Candomblé e costumava acender velas nas margens dos açudes onde pescava. O Corpo de Bombeiros foi acionado, realizou, juntamente com familiares da vítima, várias buscas dentro da água, mas Antônio não foi encontrado. A partir daí, as atenções foram voltadas para o açude da Malhada, onde amigos e companheiros de pescas o encontraram boiando e ainda com a tarrafa na mão. Os homens do Corpo de Bombeiros foram mais uma vez acionados e fizeram a retirada do corpo.

O delegado de Alagoinha, janduí Pereira esteve no local, juntamente com os peritos do IPC e após constatarem a morte por afogamento, conduziram o cadáver para o IML, para que os procedimentos cabíveis fossem adotados.

Antonio Amaral trabalhou por mais de 20 anos como zelador no Banco do Brasil, em Guarabira, e era bastante conhecido na cidade.

Portal Midia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................