O que mais nos agrada nos nossos amigos é a atenção que eles nos dedicam". (
Tristan Bernard )

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Criança morre soterrada ao trabalhar na retirada de areia para construção na Paraíba

Um garoto de 12 anos morreu soterrado em um barreiro na cidade de Sousa, Sertão paraibano, a 438 km da Capital, no fim da tarde dessa terça-feira (17).

Segundo o tenente Batista, do Corpo de Bombeiros, a criança estava no local acompanhada do irmão para recolher areia usada em construções. O produto seria vendido no bairro Lagoa dos Patos, a cerca de 300 metros de distância do barreiro.

“Quando a carroça estava cheia, o irmão foi até a cidade deixar a areia. A vítima ficou no barreiro, pois o irmão voltaria para que eles continuassem a retirada de areia. Mas quando o irmão chegou o garoto já estava soterrado. Duas equipes do Samu foram acionadas inicialmente e, em seguida, o Corpo de Bombeiros. Quando chegamos lá, o médico que atendeu o caso já havia confirmado a morte da criança”, contou o bombeiro, ao Portal Correio.

A Polícia Civil foi acionada para investigar o caso. 

Portal Correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................