O que mais nos agrada nos nossos amigos é a atenção que eles nos dedicam". (
Tristan Bernard )

quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Renato Mendes vai acionar Justiça para que prefeito de Alhandra realize transição

O prefeito eleito de Alhandra, litoral sul da Paraíba, pretende acionar a Justiça para que sua equipe de transição seja recebida pelo atual prefeito do município. El informou que há oito dias encaminhou à Gestão Municipal ofício comunicando os integrantes da Comissão de Transição, mas ainda não obteve resposta. “Estou preocupado porque já encaminhamos o documento e até agora não tivemos resposta”.

Renato Mendes lembra que o atual prefeito de Alhandra vem desrespeitando a Resolução Normativa do Tribunal de Contas do Estado (TCE) disciplinando a transição e, além disso, a vontade do povo nas urnas deve ser respeitada”, comentou, acrescentando que poderá procurar a Justiça para que seja feita a transição.

A comissão apresentada pelo prefeito eleito é composta por quatro pessoas, sendo elas: Marco Villar, José Nunes Maia, Juracy Mendes e Fábio Rocha. “Nosso objetivo é conhecer a real situação da prefeitura para que a população não seja penalizada com descontinuidade de ações. Todo gestor tem o dever legal de promover uma transição e a não realização também tem repercussão negativa na futura análise das prestações de contas anuais”, disse.

Redação com Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................