O que mais nos agrada nos nossos amigos é a atenção que eles nos dedicam". (
Tristan Bernard )

quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Garoto prodígio de 9 anos entra na faculdade para 'provar que Deus existe'

O prodígio William Maillis tem apenas 9 anos é o aluno mais novo do College of Allegheny County, na Pensilvânia, nos Estados Unidos. O garoto se formou no ensino médio em maio deste ano e frequenta aulas na universidade com o objetivo de se tornar astrofísico para "provar que Deus existe". 

A declaração de William foi dada em uma entrevista feita pela revista People. Ele pretende atestar que somente uma força externa seria capaz de formar o universo. Para conseguir avançar em sua pesquisa, vai estudar física, química e se especializar em astrofísica. Assim, ele refutaria as teorias dos físicos Albert Einstein e Stephen Hawking sobre o universo.

O pai do William, Peter Maillis, disse que desde bebê o menino se mostrava ser diferente dos outros. O garoto já falava frases completas aos 7 meses de idade. Com 2 anos, já sabia ler e escrever, aos 4, se comunicava em grego, e aos 5 anos, já dominava a geometria. 

Correio Braziliense

Nenhum comentário:

Postar um comentário

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................