O que mais nos agrada nos nossos amigos é a atenção que eles nos dedicam". (
Tristan Bernard )

terça-feira, 25 de outubro de 2016

Filha de paraibanos morre afogada ao cair dentro de tanquinho em SP

Foi registrado na cidade de Guaraci, no estado de São Paulo, um afogamento de uma criança de dois anos dentro de um tanquinho de lavar roupas. O fato ocorreu por volta das 17h da última sexta-feira (21). A criança era filha de Anderson Gomes de Carvalho, natural da cidade de Conceição, no estado da Paraíba, e Ana Mércia Carvalho. O acontecimento abalou a pequena cidade paulistana e comoveu moradores e familiares.

Segundo informações fornecidas por um policial militar, o avô paterno da criança, ao lavar roupas, teria deixado o tanquinho ligado e ido realizar outras tarefas do dia-a-dia. A criança, que brincava na localidade, teria caído dentro do tanquinho com a cabeça voltada para baixo, ficando presa.

O policial militar ainda contou que quando a mãe voltou ao local, ficou ‘louca’ em busca de sua criança, só vindo achar a mesma após 30 minutos do ocorrido, quando a cunhada da vizinha decidiu verificar o tanquinho, encontrando a criança em meio a roupas.

Após a retirada da criança da maquina, a mãe e as vizinhas fizeram de tudo buscando a reanimação da criança, e, de acordo com informações de testemunhas, o marido da vizinha teria tentando também a realização de respiração boca a boca, esforço este sem resultado, pois a criança já se encontrava morta.

A cerimonia Fúnebre, juntamente com o sepultamento aconteceu na cidade de Fronteiras, que se localiza próxima da cidade onde houve a infelicidade, uma vez que os avós maternos moram naquele município.


O velório e o sepultamento aconteceu na cidade de Fronteiras, que fica próxima da cidade onde ocorreu a tragédia, em virtudes dos avós maternos da criança morar na cidade.

MaisPB com Vale do Piancó Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................