O que mais nos agrada nos nossos amigos é a atenção que eles nos dedicam". (
Tristan Bernard )

domingo, 23 de outubro de 2016

Criança internada após ingerir suco reage; suspeita é de envenenamento

Em contato com o Portal MaisPB neste domingo (23), o diretor do Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, Geraldo Medeiros, revelou que a criança de 7 anos, internada em estado grave na unidade hospitalar após ingerir um suco industrializado, reagiu bem ao tratamento e deve deixar a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) nesta segunda-feira (24).

“Ele está muito bem. Consciente, relatando os fatos todos, andando e há uma chance dele sair amanhã da UTI. Ele chegou muito grave, foi entubado na própria sala vermelha do hospital, quase parando. Foi encaminhado para a UTI infantil e felizmente passa bem”, explicou.

Em relação ao diagnóstico, o médico afirmou que vai depender do resultado dos exames que serão realizados pelo Instituto de Polícia Científica (IPC).

Questionado sobre um possível envenenamento da criança, Geraldo Medeiros afirmou que essa é uma possibilidade, mas que não pode confirmar.

“É uma possibilidade porque é um garoto que não tem nenhum antecedente de doença neurológica e subitamente após ingerir esse suco apresentou um quadro de mal estar, vômitos e convulsão. Chegou muito mal ao hospital. Então provavelmente algo que ele ingeriu desencadeou esse quadro”, afirmou, ressaltando que não pode determinar qual foi a causa. “Seria precipitação”, disse.

Amostras do sangue e da urina da criança, além do suco ingerido por ela foram encaminhadas para o IPC. De acordo com o diretor do hospital, nenhuma outra pessoa deu entrada no hospital com os mesmos sintomas da criança.

MaisPB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................