O que mais nos agrada nos nossos amigos é a atenção que eles nos dedicam". (
Tristan Bernard )

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Homem é preso ao tentar matar comerciante após briga em bar, na PB

Um homem de 36 anos foi preso, no fim da tarde desse sábado (24), suspeito de tentar matar um comerciante na cidade de Coremas, Sertão paraibano, distante 390 km de João Pessoa.

Segundo a Polícia Militar, os dois estavam em um bar quando começaram a discutir. O suspeito deixou o estabelecimento e voltou minutos depois, armado com uma espingarda. Ele chegou a atirar contra o comerciante, mas errou o alvo e a bala atingiu uma parede. O motivo da briga não foi divulgado. 

Policiais que faziam rondas na área ouviram o disparo e foram até o bar. Ao chegar ao local, viram que um homem estava sendo contido por clientes. A arma usada na tentativa de homicídio estava jogada no chão.

O suspeito foi levado para uma delegacia de Polícia Civil na região. A espingarda usada por ele também foi apreendida. 

Portal Correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Ofertas do Atacadão Triunfo de Alagoa Grande

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................

...............................................................................